Livros

Bem-estar

Maternidade

Às vezes é preciso dar um passo para trás

Antes de começar: esse é um post bem pessoal. Talvez você goste, talvez não. Talvez se identifique, talvez esteja em outra fase da vida. E tá tudo bem. Decidi postar para colocar pra fora e firmar meus pés no chão – de uma vez por todas, assim espero.

Há alguns meses eu fiz grandes mudanças aqui no Fluffy. Havia criado a loja da marca dentro do blog, criei um Instagram para o blog, e outro para a marca de roupas. Eu tinha vários planos, ideias e projetos bacanas pra levar tudo isso adiante. Estava muito empolgada!

Quem acessa o blog hoje, percebe que não tem mais a loja aqui dentro (só um link externo que leva aos produtos). E o Instagram que está aqui não é mais o do blog. Pois bem, eu dei um grande passo atrás.

Há alguns dias tenho me sentido extremamente sobrecarregada. Muito além de tarefas domésticas, da família ou do trabalho, eu ando me sentindo esgotada mentalmente. Tempo não é algo que tenho de sobra (aliás, ele tem que ser muito bem planejado), e a minha energia não é mais a mesma de alguns anos atrás.

Quando olhei pra dentro de mim, percebi que eu precisava de fôlego. Precisava respirar sem pensar em criar conteúdo para rede social, precisava curtir mais minha filha (e em breve, a nova que irá chegar) sem me cobrar por não estar produzindo, e precisava colocar a cabeça em ordem.

Tenho mais e maiores prioridades aqui fora do que dentro da internet – é óbvio, mas na minha cabeça frenética, eu achei, erroneamente, que conseguiria equilibrar igualmente todos os pratinhos. Decidi, no meu coração, que eu preciso viver a minha vida de forma mais leve e sem tantas cobranças em projetos pessoais – porque projeto de trabalho é outra história. Senti que preciso estar em outra frequência.

Eu amo blogar, mas percebi que não gosto tanto da ideia de me sentir pressionada com a criação de conteúdo da rede social, dos likes, dos compartilhamentos. O Fluffy nasceu antes disso tudo, e ele não se encaixa lá. Ele tem seu espacinho singelo e meio introspectivo aqui, sem se espalhar.

Amo e sigo contas inspiradoras que me dão milhões de ideias, mas isso não faz parte de quem eu sou, do que o Fluffy é e, principalmente, do que eu consigo abraçar. Com dor no coração, mas sabendo que é o melhor a ser feito, eu encerrei o Instagram do blog e da marca.

E se você quer conhecer a marca de roupas que, carinhosamente, intitulei de Fluffy, pode ver tudo no e-commerce que lidero junto com meu marido.

E é isso. Um post pessoal pra firmar a minha decisão de estar mais presente no aqui e agora, e continuar com o blog, nesse espaço que amo, sem tantas cobranças. E só aqui mesmo. De forma leve, como a vida deve ser.

Eu casei – saiba como foi o meu casamento surpresa!

Eu casei – saiba como foi o meu casamento surpresa!

ler artigo
A coragem de novos começos

A coragem de novos começos

ler artigo
Como surpreender a sua mãe no dia dela

Como surpreender a sua mãe no dia dela

ler artigo

Comente este post!

  • Emerson

    O que interessa é que você esteja feliz com essa decisão tomada. Sucesso nessa caminhada. Tudo tem seu tempo e seu propósito exato.

    Boa semana!

    O JOVEM JORNALISTA está no ar com muitos posts e novidades! Não deixe de conferir!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    responder